Página de Walter Eudes

24/07/2009

VI VIRGÍNIA A DANÇAR FREVO… (POESIA)

Filed under: Arquivo Geral — waltereudes @ 16:50

Foi naquele carnaval, ao sabor de suor e cervejas /Nuns acordes dissonantes de guitarras e clarins / Que vi certa magia graciosa, encantadora e magistral

De repente vi-me a ti, numa imensidão de lugar longínquo
Talvez me levastes a uma dimensão em qualquer lugar do infinito
Pois ali naquele instante, sumiu-se a multidão, calaram-se os clarins, clareou-se a noite alta…

Vi teu brilho reluzente, de passista a frevar, docemente a bailar pelo frevo executado
Teu sorriso encantada quase nunca visto, de mulher sendo feliz por brincar o carnaval
Leves pulos bem cadentes, te faziam flutuar

Ali mesmo entre as pedras de São Pedro foi o Pátio
Bem fiquei enebriado por aquela visão bela
Flutuavas docemente e meus olhos deleitavam tua arte magnífica

Durou um ou dois minutos o meu transe extasiante.
Inda hoje bem me lembro do bailar que assisti, o mais belo que já vi nestas terras encharcadas de mangue, amor e frevo

Vi Virgínia a dançar frevo em noite de carnaval.

Walter Eudes     –    JAN – 2009

Blog no WordPress.com.