Página de Walter Eudes

31/01/2011

ÁGUAS DE OXALÁ 2011

Filed under: Arquivo Geral — waltereudes @ 14:34

Foi no domingo, dia 16 de janeiro que emanou na cidade de Limoeiro-PE, atabaques e agogôs, cantos e rezas à Orixás por um mundo melhor; mundo mais liberto da intolerância à diversidade. Pois ocorreu de forma magistral o II Águas de Oxalá. Evento aberto ao público, com massiva participação dos adeptos do Candomblé, teve presença de representações de várias cidades pernambucanas. Transcorreu com muita naturalidade, muita paz e alegria os momentos cerimoniais realizados no Clube Centro Limoeirense (Rua Vigário Pinto 739, centro). Após apresentação de capoeira de grupo local, iniciou-se os trabalhos religiosos…Primeiro a EXU e subsequentemente a diversos Orixás entoou-se cantos sagrados, quase sempre em Iorubá, criando uma atmosfera de espiritualismo profundo, terno e amoroso. Após duas horas de ritos em recinto fechado, exercitados coletivamente por diversos adeptos e observado por muita gente, tem saída a procissão pelas ruas da cidade até o bairro do Ponto Certo, onde reside e trabalha o Pai Alabyi. No percurso, uma parada em frente ao mais antigo Terreiro de Candomblé de Limoeiro, na Rua da Alegria, o popularmente conhecido Terreiro de D. Maria do Carmo. Uma comoção geral instaurou-se ao testemunhar-se a forte energia do local, resultando em dança, canto e fé a Iemanjá, tendo uma Babalorixá Ialorixá da região metropolitana do Recife, septuagenária evoluído uma dança afra-brasileira com humildade profunda, dignidade imensa e beleza indescritível.

No ponto de apoteose do evento houve vários ritos a diversos orixás, sendo a reverência principal a Oxalá, o primeiro deles a ser cultuado. Ainda houve apresentação de Afoxé ao encerramento.

Este Águas de Oxalá vem a ser um exemplo de que é preciso mais diálogo entre as religiões através de cada indivíduo em suas profecias particulares. Mesmo sendo de base no Candomblé, o evento à Oxalá é aberto a qualquer pessoa que veja interesse no trabalho, que queira se aproximar mais com a cultura afro-descendente em suas raízes mais puras. De uma organização mui responsável e profissional (na pessoa do Pai Alabyi e seus filhos e filhas), é oportunidade de se vencer preconceitos vários ainda estabelecidos num povo, numa cultura, num país que já não cabe tais preconceitos. Por mais errônea que tenha sida a formação e a informação das pessoas sobre a afro-descendência, haverá em momentos como este uma chance à tolerância. Pois este é o objetivo de Alabyi: tocar os corações das pessoas para aceitar a diversidade em vez de persegui-la, censura-la ou reprimi-la. É uma luta que no Brasil vem ocorrendo desde sua formação há quase 500 anos. É uma luta que vem sendo travada em todo o mundo, onde neste momento centenas de pessoas de diversas e diversas formações culturais (inclusive as orientais) estão sendo obrigadas a manterem-se em silêncio e reclusos(as) ante suas diversidades ancestrais que quase sempre nada mais são formas diferentes de querer o bem estar coletivo da humanidade, a vida plena e o amor fraterno. AXÉ!

Walter Eudes

Trecho da Procissão

Ritos iniciais

ritos iniciais

Pai Alabyi

Anúncios

1 Comentário »

  1. QUE HERMOSO COMPARTIR ALGO TA BELLO,HOJALA OUEDA LLEGAR ALGUN DIA A BRASIL

    Comentário por Armen — 29/09/2011 @ 08:46 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário, crítica ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: