Página de Walter Eudes

17/04/2011

É verdade!! … embora seja estória de pescador!

Filed under: Arquivo Geral — waltereudes @ 13:08

Pedro exibe sua pesca, um TAMBAQUI

Surpreendente pescado conseguiu o limoeirense Pedro Severino. Pescador “nas horas livres”, que faz pesca por lazer, junto com seus companheiros de anzol, se dirigiu a um açude na região e conseguiu “arrastar” esse colosso de pescado. É um tambaqui que pesou mais de 20 (vinte) Kg – pelo menos essa é uma das versões, dizem que esse mesmo da foto passou dos 30kg! Ladeado por João Gomes (o Bal), Antônio Carreiro, João e Carlos Revoredo, Véi e Paulo Mineiro, entre outros que participam deste grupo de pescadores informais, Pedro não sinaliza modesta ao feito e, junto com o grupo, acredita que por esses dias pegará um ainda maior. Praticamente todos os componentes do grupo são residentes do bairro José Fernandes Salsa em Limoeiro há vários anos. A pesca é atividade rotineira desse grupo de amigos, bem como de muitos outros cidadãos locais. Enorme potencial hídrico em nossa região favorece o exercício da pesca, principalmente quando é nos fins de semana, nos feriados ou seja, nas horas livres desses trabalhadores que, entre outras exercem funções de chofer, comerciário, comerciante, pedreiro, policial, vendedor. Acompanhando esta prática de lazer, também de subsistência a algumas famílias, instâncias públicas bem como particulares, despejam periodicamente alevinos nos diversos açudes da região e na barragem de Carpina resultando em farta variedade de pescado, entre outros encontram-se por aqui: cará, traíra, tilápia, bagre africano, cumatã, tambaqui, etc. Este grupo o qual faz parte Pedro é também grupo militante da pesca responsável, são firmes combatentes da pesca predatória e basta citar o assunto que logo vão externar suas revoltas em outros pescadores utilizarem rede em tempo de defeso das espécies fluviais. Também não poupam externar a consciência e defesa do respeito à propriedade privada rural, onde encontram-se os principais açudes da região, cumprem com todos os devidos rituais sociais da atividade e nunca pescam sem autorização dos proprietários rurais, que são em geral de seu ciclo de amizade. E se Pedro merece reverência pelo pescado, também a merece os proprietários e cuidadores do açudes da região que possibilitam a natureza se desenvolver saudável por estas terras! Em tempos de necessidades de atitudes ecologicamente correta e também de carência alimentar, criar peixes deste porte e dar chance de terceiros pesca-los ao anzol, é de fato atitude digna de aplauso.

Ficha:

técnica utilizada: “linhada” ou “arrasto”

período da pesca: manhã

data: março de 2011

peso do peixe: + 20 kg

fins da pesca: lazer e degustação

local: não informado (região de Limoeiro-PE)

tipo hídrico: açude

profundidade máxima: não informado

por: Walter Eudes – waltereudes@correios.net.br

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário, crítica ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: