Página de Walter Eudes

01/02/2016

DO QUÊ ESTAMOS FALANDO?

Filed under: Arquivo Geral — waltereudes @ 00:58

Estão ruindo velhas estruturas sociais no mundo, velhas consolidações que mantinham-se coesas e referenciais por muitas décadas… Estruturas que nem as duas grandes guerras abalaram. Perceba-se as crises econômicas mundiais dos últimos anos, comparadas somente a de 1929. O modo de comunicação e de registros de dados: a sedimentação da poderosa internet. A constatação do perigo ecológico que chegou às civilizações contemporânea, ameaçando o Planeta de existência futura e a já comprovada extinção de centenas de espécimes. Ocorre (nos parece) que a Era Industrial, com sua vertiginosa expansão “adiante!” está se auto-implodindo. A indústria, em suas sem números de áreas e de vários portes, está a sofrer os ônus de seu deslanchar… Há excesso de produção em varias áreas, complicando pelo avanço tecnológico com maquinários mais rápidos e eficientes; os custos naturais da indústria, sua entropia, mostra ser aquela injustificável – ao menos do modo como se configura atualmente. E há um crescente populacional recusando esse expandir sem limites e sem medir os ônus. No Japão, Fukushima botou “em xeque” o que já vinha mau – porquê o Japão até aí era um “mito econômico-tecnológico”; fim do mito. O Brasil de 2015 vê a maior tragédia ambiental da história desse país, MATAR por décadas!!, mais de 700 km de rio tropical de médio porte. Outros mais acontecimentos trágicos de grandes proporções, por 100% de interferência humana, provam a falência do modelo industrial moderno. Observe-se as comunicações, pessoais e institucionais, civis e de governos, perceba-se quão enorme a mudança de procedimentos e hábitos… Algumas grandes cidades no mundo estão em níveis tão alarmantes de poluições que a calamidade beira ao trágico. Urge repensar tudo!! São Paulo, Paris e Barcelona, criam espaços de grandes e centrais avenidas livres de automóveis aos domingos. Cada vez mais pessoas buscam a (RE)naturalização e reaproximam-se do verde vegetal. Muitas alternativas pra tudo surgem de todo lugar do mundo. Parece ser uma resposta à crise generalizada que vivemos, a saudável criatividade… Politicamente, pendengas entre nações rivais caem num prisma de patético lamentável, quando há muito o que fazer, e todos são necessários. Internamente nas Nações é geral muita insatisfação e é comum elencar algum Bode Expiatório pra aliviar as tensões de quem não consegue enxergar de jeito nenhum que o mundo afundou. Alguns parâmetros “seguros” que há mais de 100 anos atendiam as expectativas do viver social, ruíram de vez! Estamos somente assistindo o protelar do anúncio derradeiro: “assim não dá mais!!” É o caso da Metrópole como das maiores e significativas resultância do mundo em progresso: o que era tão alardado como êxito civilizatório, mostra-se em seu formato, um caos… Mobilidade, habitação, saneamento, lazer, ecologia, saúde… O formato em que chegaram as centenas de metrópoles em todo o mundo é puro fracasso. Ou revisa-se ou a vida nelas será uma grande quimera… Da industrialização que partimos nesta breve reflexão… para dizer que ela findou seu ciclo inicial, que precisa rever radicalmente seu modus operandi, que o mundo afundou!! É disso que estamos falando.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário, crítica ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: