Página de Walter Eudes

01/02/2016

Uma democracia fortalecida

Filed under: Arquivo Geral — waltereudes @ 00:54

Impensáveis os rumos tomados por esta jovialíssima Democracia Republicana Brasileira… Que tenha-se consolidado o voto direto, que tenha-se preservado sem restrições a liberdade de expressão individual e coletiva, a garantia do pluripartidarismo, a sedimentação da Constituição de 1988, entre outros aspectos clássicos da Democracia, estávamos mesmo eufóricos pelo maior tempo perdurado de sucessões governamentais pelo voto direto (e universal!) de toda a história da recentíssima República… Agiganta-se incrivelmente essa Democracia com suas novas nuances surgidas na última década, sem ter inclusive, um núcleo único, central, gerador de seu desdobrar, na verdade são várias as fontes do Renovar Democrático Brasileiro, um aprofundamento não previsto, mas de uma coesa e salutar dimensão que está ainda a estarrecer aos brasileiros: diz-se de fortalecimento de instâncias decisivas nos rumos republicanos, a exemplo do colossal fortalecimento do STF ao se popularizar pela mídia convencional e internet, e traçar elo direto com a população brasileira, rompendo o histórico ciclo de instância seleta, de raríssima visibilidade, por tanto, de grande alheamento da imensa população; das Leis certeiras e corajosas dos governos Lula e Dilma em culpabilizar não só a corruptos, mas a corruptores; também nessa última década a ausência de interferência às instâncias investigatórias, outrossim, apoio e reconhecimento aos trabalhos da Polícia Federal, do Ministério Público, da Controladoria Geral da União; da participação direta da população em praticamente todas as áreas de vivência social, através das dezenas de Conferências Nacionais, tendo início nos municípios; discussão social e aprovação de Estatutos vários de minorias políticas e grupos vulneráveis de nosso status quo; quantas as Audiências Públicas em dezenas de questões? Quantas tantas Consultas Públicas de interesses vários, antes das decisões governamentais?… O que dizer da livre participação popular em torno de ideias que mais lhe aprovem? De manifestos coletivos de rua, nas redes sociais, em alguma mídia democrática… Dada esta frutífera fase de nossa jovem Democracia, cumpre reconhecê-la como ao que possa ter havido de mas benfazejo na Nova República, desde a promulgação da Constituição de 1988. Sigamos fortalecendo-a!

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário, crítica ou sugestão.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: